Saúde

Como melhorar a qualidade do meu sono?

Ter uma noite tranquila e com um sono de qualidade pode ser um desafio para muitas pessoas.

Isso porquê a falta de sono é um dos problemas de saúde mais recorrentes entre as pessoas do mundo todo. E infelizmente, esse problema não é exclusividade dos adultos: existem cada vez mais adolescentes – e até mesmo crianças – que sofrem com insônia ou sono de baixa qualidade.

E eu por muito tempo sofri com a falta de sono o que me resultava no aumento da minha ansiedade.

E por isso vou mostrar aqui nesse post algumas dicas de como você pode melhorar significativamente seu sono com mudanças de hábitos. Afinal, se eu consegui, você também pode! 😉

E se você não dá a devida atenção ao seu sono, é bom começar a dar. Porquê dormir bem é fundamental para quem quer ter ganhos significativos com a saúde e deseja proporcionar um dia com muita mais energia e disposição e uma performance muito melhor nas atividades físicas e mentais.

Melhorando a qualidade do sono

Como melhorar a qualidade do sonoPara quem deseja melhorar a qualidade do sono e busca como dormir rapido é indispensável mudar os hábitos alimentares.

Existem certos nutrientes que facilitam o relaxamento e favorecem para uma maior qualidade de sono. O magnésio, por exemplo, é um mineral que participa de diversas funções no organismo, mas também está envolvido com a boa qualidade do sono.

Este mineral ajuda a relaxar os músculos e diminuir as cãibras e o espasmo, que podem atrapalhar o sono. O relaxamento dos músculos ajuda o corpo a descansar melhor.

Alimentos ricos em proteínas também são importantes na alimentação, pois ajudam renovar os tecidos e podem promover e ajudar na regulação do nosso bem-estar e que consequentemente o vão ajudar a dormir melhor.

O tripofano é uma substância que se encontra nas proteínas e que tem influência sobre a dopamina que por sua vez é uma substância antidepressiva. O triptofano é convertido no neurotransmissor 5-hidroxitriptamina (5-HT), também chamado serotonina, e também é precursor de melatonina – principais hormônios reguladores e indutores do sono.

Diversos estudos já demonstraram que a deficiência dessa substância desencadeia uma queda na produção de serotonina no cérebro e pode afetar o humor e o sono.

Algumas fontes de proteína que você pode incluir em sua alimentação:

  • Ovo
  • Carne vermelha magra
  • Frango
  • Suplementos alimentares como o Wey Protein
  • Queijo branco
  • Leite
  • Requeijão
  • Peito de peru
  • Soja
  • Ervilha

A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal. Ela não se limita apenas em controlar seu ciclo circadiano (dormir e acordar), mas é também responsável por regular outros hormônios.

E existem alguns alimentos que ajudam o corpo produzir naturalmente a melatonina, melhorando em si a qualidade do sono.

Frutas como abacaxi, banana e laranja podem aumentar de modo significativo a produção natural de melatonina em seu corpo. E alimentos como tomate, aveia, milho, arroz e cevada também são importantes na produção natural de melatonina e consequentemente são ótimos alimentos para melhorar a qualidade do sono.

A melatonina também pode ser ingerida de forma sintética que é através dos suplementos alimentares. Entretanto, aqui no Brasil não é permitido vender melatonina sem prescrição médica o que faz o seu uso ser completamente difícil para muitos.

A meditação para dormir também pode ser uma ótima aliada para melhorar, e muito, a qualidade do sono. No vídeo abaixo é revelado como fazer esse tipo de meditação:

Você sabia que o computador, tablet, notebook ou seu celular pode estar atrapalhando seu sono?

O motivo é que esses aparelhos possuem campos electromagnéticos que são ondas emitidas por aparelhos eletrônicos. Os campos electromagnéticos podem interromper a produção de serotonina e melatonina, essenciais para uma boa noite de sono e para o bom humor.

Além disso, esses campos eletromagnéticos podem interromper a glândula pineal, que ajuda a regular o sono e vigília com base nas respostas à luz e ao escuro.

A lista abaixo são dicas para você melhorar a qualidade do sono e que eu já coloco em prática:

  • Confira a qualidade do seu colchão, o mesmo deve ser confortável, deixando a coluna alinhada e os músculos relaxados.
  • Opte pelo travesseiro com penas de ganso ou plumas.
  • Troque de travesseiros a cada dois anos.
  • Tomar banho quente antes de dormir.
  • Deixar o quarto totalmente escuro.
  • Desligar todos os aparelhos eletrônicos 30 minutos antes de dormir.

Benefícios do Ômega-3

ômega-3

Presente em grandes quantidades nos peixes de águas profundas, o ômega-3 é uma gordura poli-insaturada que tem entre seus benefícios mais reconhecidos a proteção da saúde cardiovascular e cerebral.

Por não ser produzida pelo corpo faz o ômega-3 ser um nutriente essencial a saúde e o único jeito de ter ela no corpo é por meio da alimentação ou de suplementos especializados.

As gorduras têm um papel muito importante no corpo, elas são importantes fontes de energia, conferem sabor aos alimentos e são primordiais para a absorção, no intestino, das vitaminas (vitamina A, vitamina D, vitamina E e vitamina K), e não devem ser excluídas da dieta.

Entretanto, existem diversos tipos de gorduras. A gordura trans, por exemplo, é uma gordura não essencial. Ela é encontrada em alimentos industrializados. O excesso dessa gordura na alimentação pode acarretar em diversos problemas como doenças cardiovasculares, diabetes, entre outras doenças.

Porem, a gordura do ômega-3 é uma gordura poli-insaturada que é essencial ao organismo. Ela auxilia na redução e controle dos níveis de colesterol no sangue, ou seja, essa gordura contribui na redução do colesterol ruim (LDL) e no controle do colesterol bom (HDL). Por esse motivo faz essa gordura ser essencial na alimentação e o ômega-3 é uma das principais fontes dessa importante gordura.

Benefícios do ômega-3

A maneira mais fácil e barata de ingerir ômega-3 é através das cápsulas. Portanto, o consumo de cápsulas de ômega-3 pode ser facilmente ingerida na alimentação do dia a dia.

Pelos benefícios para o cérebro fazem as cápsulas serem uma ótima pilula da inteligencia.

O EPA (eicosapentaenoico) e DHA (docosahexaenóico)são encontrados dentro do ômega-3. Ambos são fundamentais para o desenvolvimento cerebral, eles ajudam na melhora da comunicação dos neurotransmissores.

O ômega-3 também faz bom para o coração. Ele ajuda regular a atividade das plaquetas sanguíneas, evitando coágulos de sangue, que podem levar a um AVC ou infarto. O consumo de ômega-3 também ajuda reduzir os níveis de triglicérides que é um tipo de gordura que é ruim para o organismo quando está elevada. E por fim, o ômega-3 ajuda a evitar arritmias cardíacas, estabilizando a atividade elétrica no coração.

O ômega-3 também é capaz de regular a pressão arterial. Ele evita a formação das placas de gordura na parede das artérias e garantir a flexibilidade das veias e artérias, afastando o risco de doenças como hipertensão, aterosclerose, infarto e derrames.

Assim como o goji berry o ômega-3 também ajuda melhorar a visão. O motivo é que ele participa do recobrimento da retina. Esta parte dos olhos tem o papel principal de transformar o estímulo luminoso em estímulo elétrico para o cérebro ser capaz de realizar o processo de enxergar.

O ômega-3 também pode ser um ótimo aliado contra a depressão. Isso porquê pessoas portadoras de depressão possuem níveis baixos de ômega 3 o que pode ocasionar a diminuição do número de funções de neurotransmissores e receptores. E a ingestão de ômega 3 melhora a fluidez das membranas que encapam as células nervosas e aumenta a produção de diversos neurotransmissores como serotonina, dopamina e noradrenalina, melhorando assim o humor e o bem-estar.

Apesar de ser um nutriente presente principalmente nos peixes. O ômega-3 também pode ser encontrado na linhaça e chia.

Fonte: http://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/17235-omega-3

Capsulas de goji berry emagrece mesmo?

O goji berry se tornou uma grande aliada para a luta contra o emagrecimento devido seus inúmeros benefícios a saúde.

Essa fruta é originária da Ásia onde se tornou mundialmente conhecida principalmente devido a sua função antioxidante.

Por ser de difícil cultivo no Brasil, ela é vendida por aqui somente desidratada ou em cápsulas.

E com isso muitas pessoas têm a dúvida se as cápsulas funcionam para o emagrecimento assim como a fruta em questão.

Afinal, as capsulas de goji berry funciona?

Goji berry em capsulasAs capsulas de goji berry tem o mesmo poder da fruta. Afinal, as capsulas são nada mais nada menos do que a fruta em pó. Exatamente por isso que as capsulas de goji berry emagrecem e funcionam.

Muitas pessoas tomam as cápsulas de goji berry pensando que está tomando algum remedio para emagrecer, porém nesse caso em um suplemento em pó.

E uma das diferenças do suplemento para o remédio é a prescrição médica, onde o segundo para sua compra é necessário apresentar uma receita médica. Além disso, remédios em gerais são considerados uma droga por possuir ingredientes que podem causar algum efeito colateral.

Uma grande vantagem das capsulas de goji berry é o preço, ou seja, consumir capsulas de goji berry podem ser muito mais barato do que consumir a fruta inteira ou desidratada.

Benefícios do goji berry

Existem muitos benefícios do goji berry e o principal deles é ajudar no emagrecimento.

Por ser rica em nutrientes essenciais ao corpo é capaz de diminuir a circunferência da cintura. O fruto também pode diminuir a quantidade de calorias consumidas por dia devido ajudar manter a saciedade.

Por ser rica em fibras faz com que o goji berry seja ótimo para o intestino, por auxilar na melhora na digestão.

Além disso, a fruta diminuir as celulites, por conter beta-sisterol que é um nutriente com ação anti-inflamatória que melhora a celulite, já que ela é caracteriza por uma inflamação.

Outro grande benefício do goji berry é a ação antioxidante. Isso faz a fruta ser ótima para a prevenção de doenças e para dietas desintoxicantes. Sua ação antioxidante também inibi a proliferação de células HeLa que é um tipo de células cancerígenas, ou seja, goji berry ajuda prevenir o câncer.

E por ser antioxidante faz o goji berry ser um ótimo alimento para dietas depois de cirurgias como a abdominoplastia e rinoplastia.

Por conter vários tipos de vitaminas faz com que o goji berry diminua o colesterol ruim (LDL) no corpo e aumente o colesterol bom (HDL), prevenindo assim as temidas doenças cardiovasculares.

O goji berry também é muito benéfico para o cérebro devido conter ácidos graxos essenciais que são necessários para a síntese de hormônios e regulam o funcionamento do cérebro e sistema nervoso. Um outro motivo que faz a fruta ser ótima para o cérebro é sua forte ação antioxidante que ajuda evitar problemas neurológicos.

Por ser rico em carotenoides faz com que a fruta melhore a visão. Além disso, o carotenoides presentes na fruta contribuem para a saúde da pele e fornecem uma fotoproteção adicional aos raios ultravioletas.

Cirurgia Plástica no Nariz: o que devo saber?

Hoje vou falar de um assunto que interessa muito as pessoas desse blog.

Vou falar sobre a cirurgia plástica no nariz.

Muitas pessoas estão buscando sobre esse tipo de cirurgia e se deparam com muita pouca informação.

Sobre a cirurgia

Cirurgia Plástica no Nariz

A cirurgia do nariz é chamada de rinoplastia.

Essa cirurgia é indicada para correção estética do nariz e melhorar problemas funcionais como o desvio de septo.

Essa cirurgia é feita especialmente por pessoas que estão insatisfeito com o formato natural do nariz, com a rinoplastia é possível aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, afinar as asas nasais e até diminuir a giba óssea, que é com os médicos chamam o “osso” ou “calo” do nariz.

Tipos de rinoplastia

Basicamente existem duas técnicas usadas para a rinoplastia: a aberta e fechada. Embora alguns médicos prefiram a técnica aberta porque ela permite uma melhor avaliação do osso e da cartilagem nasais, ambos os tipos de procedimentos podem produzir resultados excelentes.

A rinoplastia aberta é feita uma pequena incisão na base do nariz, entre as narinas, e na parte interna de cada narina. O procedimento de rinoplastia aberta pode durar cerca de duas a quatro horas. Antes do início do procedimento, a área a ser operada será limpa e um anestésico será administrado.

Já na rinoplastia fechada o cirurgião realiza a cirurgia às “cegas”, através de um túnel formado até a região do nariz a ser alterada. As incisões ficavam todas dentro do nariz. Os pontos positivos desse procedimento é a recuperação é mais rápida, já que não foram feitas incisões.

Além disso, durante a cirurgia de rinoplastia fechada o cirurgião saberá como o nariz ficará depois da cirurgia.

Desvio de septo

Existem também a cirurgia de nariz – desvio de septo. Ela é conhecida pelo nome de septoplastia.

Caso você não saiba, o septo nasal é a estrutura que divide por dentro as duas fossas nasais. Quando por algum motivo o septo não está centrado ele se torna um obstáculo para a passagem de ar, dificultando a respiração.

É importante alertar que nem todo mundo que possui desvio de septo deve fazer a cirurgia. Somente com uma análise detalhada do médico que é possível identificar se o paciente deve ou não operar.

Escolhendo o cirurgião

É muito importante na hora de escolher um cirurgião que ele seja especialista em cirurgia plástica no nariz.

Além disso, você deverá se atentar se o profissional participa de congressos e eventos sobre rinoplastia. Com isso você garante que o cirurgião está 100% atualizado.

Além disso, o cirurgião deve estar registrado na SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e